Life in NL

A saga do guardanapo

Sunday, March 02, 2014

Eu não sou daquelas pessoas, que leva a etiqueta aos limites; muito pelo contrário!
A bom da verdade, nem sequer sei as regras (ou leis), mas se há coisa que sempre fui habituada é haver guardanapos na mesa.
Seja um por pessoa, ou um molhinho, não importa! Há sempre guardanapos à mesa.
É daquelas coisas a que eu chamo Senso Comum.

Pois bem, por estas bandas parece quase uma caça ao tesouro!
Em restaurantes, nem sempre estão disponíveis, e quando estão é apenas um que vem junto com os talheres.
Chega a ser um drama, pedir um novo, caso o primeiro esteja todo sujo.


Em casas particulares então é para esquecer.... Perdi a conta ao número de vezes que tive de pedir um guardanapo e muitas vezes nem existem. Papel de cozinha serve?!...
Normalmente, só em ocasiões especiais, os ditos cujos, estão lá prontinhos a serem usados; na mesa, há espera.

Isto cada um tem os seus costumes, e até pode haver vezes que não sejam preciso, mas a mim faz-me confusão! E vai sempre fazer.
Ora eu pergunto-me: onde raio limpam eles a boca quando é preciso?!?!...

A cena do "Todos diferentes, todos iguais" não se aplica neste caso.

You Might Also Like

2 comments

  1. Se calhar fazem como no sec xviii ... (Tinham uns panos nos pulsos por baixo das pomposas mangas c folhos onde limpavam as beiças! xD)

    ReplyDelete
  2. Para mim também é essencial ter sempre guardanapos na mesa. É daquelas coisas que me fazem uma confusão imensa se não os tiver.! Por acaso, nas ocasiões em estive na Holanda nunca me apercebi dessa situação. Devo ter tido muita sorte na escolha dos restaurantes.XD

    ReplyDelete

SUBSCRIBE BY EMAIL



Bloglovin

Follow