Life in NL

Rituais de “migras”

Monday, December 19, 2016

Isto de ser emigrante (soa tão a Linda de Suza...) tem muito que se lhe diga. Nada de novo para quem esteja a ler e o seja ou conheça alguém na mesma situação.

Nunca me ocorreu o verdadeiro significado de ser emigrante. Até que de vez em quando páro para reflectir no assunto, e não deixo de observar uns factos ou rituais bastante engraçados (pelo menos pra mim são haha).


Source: Google.com

Isto cada maluco com a sua, não é verdade?! 
Os meus rituais de emigrante mais marcantes e frequentes são os seguintes:
  • Viajar com malas vazias ou dentro umas das outras. 
Se for de visita apenas num fim-de-semana, 50% da minha mala de cabine vai vazia! Há que deixar espaço para trazer uns chouriços, queijos, pão, caldo verde... essas coisas boas que cá não há. 
Se ficar por mais tempo, a mala de porão vai garantidamente vazia e volta cheia... 
  • Combinar a periocidade das visitas com idas ao cabeleireiro 
De certeza que na cidade onde moro há bons cabeleireiros, mas também sei que só confio num onde ir! E calha ser em Portugal... Pancadas, eu sei, mas não há nada a fazer! Só corto o cabelo em PT, period!
  • Ouvir piadas do pessoal da segurança dos aeroportos assim que lhes digo o que trago na mala
Já perdi a conta ao número de vezes que me perguntaram se o caldo verde já tava feito, ou se levo os pasteis de Nata ou de bacalhau... Coisas desse género. Sempre temos uns 2 minutinhos de conversa e lá me desejam boa sorte, boa viagem e até breve.
  • Dar o discurso de emigrante ao pessoal do balcão de check-in na esperança de não me ser cobrado nenhuma taxa extra pelo excesso de peso (as garrafas de vinho pesam que se fartam!!!).
True story... não vale a pena! Isto de querer trazer o Jumbo, Pingo Doce e o Continente inteiros dentro da mala dá quase sempre chatice. Chego até a deixar coisas para trás (em casa da minha mãe) para evitar ainda mais kg extra. Chegou ao ponto de me dizerem no check-in que não valia a pena fazer “carinha de cachorro abandonado”. Também não tive que pagar extra pelos quase 3 kg a mais!! Hahaha Já inventavam umas garrafas de vinho ultra leve...
  • Dou por mim embasbacada a olhar para as bancadas nos mercados/supermercados 
Não gozem! Só quem já visitou um supermercado normal aqui na Holanda é que vai saber do meu suplício.... #dramademigras

Acho que estes são os mais comuns... LOL

E vocês também têm alguns rituais, caso sejam emigras? Ou conhecem os rituais de alguém?? Partilhem; não me quero sentir só neste meu drama... Maluca sim, mas acompanhada, sff.

Até breve!




Next post: Decmber 24th 9am CET

You Might Also Like

0 comments

SUBSCRIBE BY EMAIL



Bloglovin

Follow