Life in NL

Casa arrombada trancas à porta

Monday, January 30, 2017

Olá!!

[ENG: Post can be translated using translation tool provided! 😉]

Quem leu este post sobre o "review" de 2016 já deve saber o que aqui vem.
Não leste? Espreita aqui: 2016 in review.

Pois, decorria o final de Novembro e eu estava finalmente a entrar no espírito Natalício; andava de bom humor embora os dias ficassem cada vez mais curtos, com menos Sol e mais chuva. Até que chegou o dia em que entrei em casa, vinda do ginásio e com a adrenalina lá nos picos, e eis que se não quando, dou com evidências de que a minha casa tinha sido assaltada.... 
Isso mesmo....

Alguém, que muito provavelmente nunca saberei quem, decidiu que havia de partir a porta do jardim e a janela, e entrar pela casa a dentro, abrir armários, mexer em todas as minhas (nossas) gavetas, vasculhar os nossos objectos pessoais e, acima de tudo, invadir a minha (nossa) privacidade.
Source:Google.com
Não consigo até hoje dar uma justificação para tal atitude. Problemas todos nós temos e não dá o direito a ninguém de fazer uma coisa destas... e por quê? dinheiro? valores? electrónicos?

Só mesmo alguém muito estúpido para achar que em pleno 2016 (ainda era 2016, não esquecer) haja alguém que tenha dinheiro em elevadas quantidades em casa.... Logo eu que sou alérgica ao dinheiro! 😎
Not me, you idiot!!!!

Tirando o facto de me ter roubado a máquina fotográfica (+ cartão....) não levou mais nada. 
Teve azar que eu não sou de jóias, malas caras nem temos pcs ou iPads de valor. A-Z-A-R!!!

Mas sabem o que este idiota deixou para trás? 
O sentimento de privacidade invadida, insegurança, tristeza e algum medo.😕

Mas como tristezas não pagam dividas, como se costuma dizer, pus (pusemos) mãos à obra com a ajuda preciosa de pessoas amigas e tudo se resolveu em alguns dias.
Instalámos um sistema de alarme cá em casa daqueles à maneira com ligação à Polícia/Bombeiros e afins e pusemos fechaduras mais difíceis de arrombar. 
Não vai haver uma segunda vez! E se houver, vai ser apanhado pela Polícia!

Ah! Não posso falar deste tema sem referir a Polícia Holandesa. Foram simplesmente fantásticos.
Toda a atenção que tiveram comigo nunca irei esquecer. Até cheguei a receber telefonemas dias mais tarde, para saber como estava, se precisava de alguma coisa ou se me podiam ajudar em algo. Fiquei espantada! 😲

Para mim que sempre fui fiel seguidora das séries do CSI, ter uma equipa forense em minha casa foi algo caricato... Infelizmente, não conseguiram resolver o caso como o meu querido Gil Grissom&co.

E hoje, passados dois meses, continuo com a sensação de que isto foi algo surreal embora tenha deixado marcas.

Assim, em jeito de aviso; não facilitem; protejam o vosso lar, a vossa intimidade da melhor maneira possível, antes que seja tarde. Não desejo isto a ninguém... 
Se já passaram por uma situação semelhante, partilhem como superaram o choque (ou até trauma) e as vossas experiências. Fico à espera! 😉

Até breve!

Next post: February 2nd @ 9am CET.

You Might Also Like

4 comments

  1. às vezes o problema nao é aquilo que levam, mas mesmo a chatice toda de ter de ir a policia etc etc etc :/

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ReplyDelete
    Replies
    1. Podes crer!
      Isso, e o sentimento de privacidade invadida... o dares de cara com as tuas coisas remexidas... Horrivel!

      Obrigada pela visita e comentário.
      Volta mais vezes, sim? ;)

      Delete
  2. 2016 foi um ano que para muita gente chegada e até mundialmente, diria, foi um ano cheia de coisas más, eu própria tive alguns dissabores como em nenhum outro ano da minha vida. Eu nem consigo imaginar o que sentiste ao ver a tua privacidade e segurança invadidas, Bárbara, além do estrago que ele terá feito para entrar em casa e ainda ficares sem a tua câmara.
    Fico contente por saber que a polícia norueguesa foi tão prestável e atenciosa!
    Muita força para ultrapassar esse episódio e que este ano seja um ano pacífico e cheio de coisas boas por esses lados! :)

    Um beijinho,

    Sofia | Monochromatic Wave

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pelas palavras e visita, Sofia!
      Podes crer 2016 foi um ano e pêras (mas não no bom sentido).
      Espero e desejo que o teu 2017 seja também um ano cheio de coisas boas!

      Beijinho e volta mais vezes! :)

      Delete

SUBSCRIBE BY EMAIL



Bloglovin

Follow